Proselitismo Político e Religioso


Proselitismo é um substantivo masculino que define a ação ou empenho de tentar converter uma ou várias pessoas em prol de determinada causa, doutrina, ideologia ou religião. O propósito do proselitismo é criar prosélitos (do grego prosélytos), ou seja, pessoas que foram convertidas para uma nova religião, doutrina, ideologia, filosofia ou causa, mesmo sem haver interesse inicial para esta conversão. As pessoas que praticam o proselitismo são conhecidos por utilizar de técnicas de persuasão antiéticas e muitas vezes agressivas.

Proselitismo religioso

O proselitismo religioso é uma das formas mais comuns da ação de criar prosélitos. Como o Brasil é um Estado Laico, e o ensino religioso é totalmente facultativo, qualquer ato de proselitismo religioso é vetado pela justiça. Atualmente, o proselitismo é visto com uma conotação negativa, devido a "agressividade" e a falta de ética que muitos representantes de algumas religiões utilizam na tentativa de angariar novos fiéis. "Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos. Zacarias 4:6

Proselitismo Político e Partidário

As campanhas eleitorais estão repletas de proselitismos políticos e partidários, pessoas que utilizam de práticas que fogem à ética e à moral, na tentativa de conseguir novos votos ou mais pessoas para lutar pelos objetivos de um mesmo partido político. O processo de proselitismo utiliza de argumentos agressivos, apelativos e sensacionalistas com a intenção de conseguir atingir os seus objetivos. Este tipo de proselitismo, assim como praticamente todos, beiram o fanatismo e o ditatorialismo, em alguns casos."Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Filipenses 2:3


Desafio jovem Pirassununga – SP – Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulher virtuosa segundo a Bíblia

Falsidade

A tentação